CHÁ DE GENGIBRE

Pesquisas científicas comprovam que o gengibre possui propriedades antiinflamatórias, sendo considerado uma ótima solução para dores. As propriedades terapêuticas do gengibre são resultado da ação de várias substâncias (citral, borneol, zingerona, entre outras).

Desde a antiguidade o gengibre é um dos métodos mais populares de combater dores, por ser um ingrediente barato e saudável. Popularmente, o chá de gengibre, feito com pedaços do rizoma fresco fervido em água, é usado no tratamento contra gripes, tosse, resfriado e até ressaca.

Estudos comprovam que o gengibre é um excelente remédio para enjôo ou náuseas, e diferentemente das drogas, não provoca efeitos colaterais, nem sonolência, pois o gengibre não atua através do sistema nervoso. Recentemente, a Organização Mundial de Saúde reconheceu a ação terapêutica dessa planta sobre o sistema digestivo, tornando-a oficialmente indicada para evitar enjôo e náuseas.

No Japão, massagens com óleo de gengibre são tratamentos tradicionais e famosos para problemas de coluna e articulações. Banhos e compressas quentes de gengibre são indicados para aliviar os sintomas de gota, artrite, dores de cabeça e na coluna, além de diminuir a congestão nasal e cólicas menstruais.

Acrescentar um pouco de gengibre para bloquear os gases produzidos por alguns alimentos como a ervilha, realmente são benéficos. Pesquisadores indianos estudando propriedades terapêuticas do gengibre comprovaram sua eficácia como antiflatulente.

De acordo com a Fitoterapia Chinesa, a raiz do gengibre apresenta as propriedades acre e quente. O gengibre é usado para aquecer o baço e o estômago expelindo o frio, bem como para aquecer os pulmões a fim de expelir secreções. A raiz também é usada contra a perda de apetite, membros frios, diarréia, vômitos e dor abdominal.

Devido a grande quantia de propriedades terapêuticas que possui, o gengibre é denominado por pesquisadores como “medicamento universal”.

COMO USAR:

1 – Corte em fatias bem fininhas, ou rale, na quantidade de uma colher das de café de Gengibre e acrescente no arroz, na comida em geral, em cada uma de suas refeições, misturando bem.

2 – Corte em cubinhos e deixe secar a sombra, depois use colocando um deles na boca e deixando derreter como se fosse uma bala – até desaparecer.

3 – Use em forma de conservas tipo picles, feito com vinagre de maçã.

4 – Use em forma de chá, seja para uso interno ou para gargarejos. Use sempre o chá morno para quente, é o melhor, pois  CHÁ FRIO está dormindo (nosso corpo não tem temperatura suficiente para desperta-lo em seus princípios ativos, o CHÁ GELADO está morto, perdeu suas propriedades terapêuticas e o CHÁ COM AÇÚCAR está doente, pois açúcar é veneno que intoxica…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *