AF_Coach_002

Coach? Você precisa de um!

Você sente que sua vida está estagnada em algum aspecto? Já tentou diversas soluções mas nenhuma delas resolveu? Terapia, consultoria, aconselhamentos de diversas áreas e nada mudou? Bom, se você respondeu sim a mais de uma destas questões, principalmente à primeira, você pode contar com a ajuda de um coach.

O nome vem do inglês “treinador”, muito usado em áreas esportivas, e nos últimos anos também para profissionais que ajudam as pessoas a enxergarem suas falhas e suas potencialidades para atingirem seus objetivos, sejam eles profissionais ou pessoais. Uma atividade em crescente expansão mas que ainda deixa dúvidas.

Muitos acreditam que seja uma espécie de consultoria, mas veja que o coach não precisa ser necessariamente especialista na área em que atua ou precisa de ajuda. Outros acreditam que seja um trabalho de terapia, mas o coach também não pode ser considerado um terapeuta já que ele não irá trabalhar transtornos de personalidade ou depressão, por exemplo. Consultoria também é uma opção muito relacionada ao trabalho do coach, mas ele não irá estudar seu caso a fundo e resolverá seus problemas sozinho entregando soluções prontas.

O trabalho de coaching consiste basicamente em auxiliar que a pessoa enxergue seus próprios recursos para alcançar os objetivos pretendidos. O coach o ajuda a olhar para as características e situações que você geralmente ignora, desenvolver suas potencialidades e corrigir suas falhas que o impedem de chegar ao resultado final tão esperado. É como se fosse aquela voz da consciência há tanto tempo ignorada.

No coaching, um projeto sempre começa com a apresentação de um problema, e é importante aqui que a pessoa tenha consciência de um problema bem delimitado com bordas definidas

O coach não irá tratar problemas de insegurança ampla ou de depressão, ele irá ajudar a atingir objetivos claros. Com o problema apresentado, serão estabelecidas metas e a indicação das formas de melhor atingi-las, todas com as competências e estratégias plausíveis e viáveis. Um plano de ação é feito, e a partir daí o trabalho de direcionamento e tomada de consciência é construído.

Autoconhecimento, metas bem construídas e prazer no que fazemos e queremos. É na busca destes três pilares que um coach pode ajudar. Se você sente que precisa de um direcionamento nestas áreas de sua mente, independentemente da finalidade delas, avalie a busca por um profissional desta área. Você poderá finalmente obter o resultado tão almejado

 

Fonte: Roberta Lopes – Eu Sem Fronteiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *