Você está vivendo seus sonhos?

Você está vivendo seus sonhos?
Texto adaptado e retirado do blog “Então Vem Comigo” por Carol Fagundes
      Desde criança você ouve como tem que viver sua vida, e aposto que era algo mais ou menos assim: Você vai para a escola, depois faz uma faculdade, arruma um trabalho na área (de preferência um concurso público), se casa, dá entrada em um apartamento, tem um filho, depois tem outro filho, e os ensina a seguir os mesmos passos! Acertei?

      Qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência! Não, eu não estou te seguindo, nem investigando você! Eu só repeti as coisas que ouvi durante a minha vida inteira e que a maioria da população também ouviu e ainda ouve!

      Mas, vem cá, será que todo mundo é feliz fazendo as mesmas coisas? Será mesmo que a felicidade é algo de produção em massa, que a gente alcança seguindo direitinho esse roteiro e fazendo tudo o que nos mandaram? Será que essa é mesmo a sua vida dos sonhos? Bom, a minha é que não é!

      Viver o sonho de outra pessoa faz com que você se sinta inadequado diante da vida, que você pense que algo está seriamente errado com você e, em vez de questionar esse padrão que te impuseram, você começa a duvidar do seu valor pessoal! Antes de te dar as dicas para descobrir qual a vida dos seus sonhos, vamos identificar os 3 sinais de que você está vivendo o sonho de outra pessoa!

      1- Sua vida não te traz satisfação.
Você cumpriu todos os requisitos da vida de sucesso que te passaram. Deu check em todos os itens, mas ainda assim não sente um pingo de satisfação pela vida que construiu.

      Aí fica todo trabalhado no remorso e na culpa, porque está “reclamando de barriga cheia”! Você pensa (ou escuta) coisas do tipo: “Eu tenho tudo o que todo mundo sonha, mas não me sinto satisfeito! Sou um ingrato! Devia me envergonhar dos meus pensamentos!”

      2. Você não tem motivação para fazer as tarefas da sua “vida dos sonhos”.
Você simplesmente não se sente motivado para viver o seu dia. Acorda sem uma gota de empolgação e tem ânimo zero para fazer as tarefas da sua vida cotidiana. Claro! Você não sente prazer nenhum com essa vida e nada mais natural do que não ter força e motivação para fazer o que é necessário para mantê-la!

      Quando somos apaixonados pela nossa vida, quando vivemos de verdade o nosso sonho, todo dia é uma nova oportunidade para ser feliz e mesmo as tarefas mais chatas são executadas com amor e motivação, porque você tem clareza sobre o benefício que elas lhe trarão e sabe que todo o seu esforço valerá muito a pena!

      O contrário, logicamente, é o que acontece quando estamos vivendo o sonho de outra pessoa. Até podemos ter prazeres e alegrias momentâneos, mas a regra é a insatisfação e desmotivação!

      3- Você se questiona “mas é só isso? Isso é felicidade?”
Em um belo dia você olha para tudo o que construiu e diz: “É isso? Essa é a tal felicidade que me disseram?” Bom, se é que lhe disseram que felicidade existia, porque a maioria de nós já se acostumou a ouvir que esse troço é uma mentira que inventaram para vender no comercial de margarina!

      E esse questionamento te acompanha e fica martelando na sua cabeça, mas logo é sufocado pela culpa da qual falamos no número 1, criando um belo ciclo destrutivo que traz um monte de sofrimento.

      Já analisamos os 3 sinais, você se identificou com alguns (ou todos) e está aí com essa cara de desespero pensando: Como resolver isso? Como me livrar do sonho alheio e viver cheio de inspiração, motivação e felicidade?

      Para dar uma banana para o sonho dos outros, você precisa ter clareza sobre qual a sua definição de sucesso, o que faz sentido para você e qual é a verdadeira vida dos seus sonhos!

      Somente assim você poderá construir uma vida para chamar de sua e parar de trilhar o caminho que está te levando para outro lugar.

      Claro que eu vou te ajudar! Para jogar luz e facilitar a sua descoberta, responda às seguintes perguntas:
1-Se você começasse a sua vida hoje, como ela seria?
2- Se você não tivesse que dar satisfações a ninguém, o que você faria com a sua vida?
3-Se não houvesse dinheiro no mundo, o que você estaria fazendo agora?


      Ter clareza sobre o que você quer para a sua vida vai te ajudar a encontrar dentro de si mesmo a força necessária para construí-la! Seus dias nunca mais serão os mesmos a partir do momento em que você parar de viver o sonho de outra pessoa e começar a se encantar pela sua própria vida dos sonhos!